Protesto em Recife tem saldo de 31 presos

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Manifestantes tentaram invadir a sede da prefeitura e destruíram vidros e lixeiras em frente ao prédio

Agência Estado

Trinta e uma pessoas foram detidas durante a manifestação da quinta-feira (20), em Recife, das quais 21 foram logo liberadas. Seis foram presas em flagrante e encaminhadas para o presídio Cotel, na região metropolitana. Quatro são menores de idade e estão à disposição da Justiça.

Saiba também:
MPL encerra protestos, reforça origem de esquerda e diz que não é antipartidário
Em SP, manifestantes se dizem contra partidos e são ironizados por anarquistas

Dos seis presos em flagrante, três tentaram invadir, sem sucesso, a sede da prefeitura e participaram de quebra-quebra, com a destruição da parada de ônibus em frente à prefeitura, três vidraças e lixeiras. Na mesma área, foram quebrados vidros de uma guarita do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), outra do Tribunal Regional Federal (TRF) e uma porta de vidro da empresa Oi. A passeata não passou por esta região.

Mais: Com disputa entre manifestantes, São Paulo leva 100 mil a ato de comemoração

Na mochila de um dos presos foram encontrados uma pistola de brinquedo, rojões, máscaras, capuz e spray. Os outros três foram presos no bairro de São José, próximo ao percurso da manifestação: dois por roubo e um por ter ameaçado policiais e manifestantes com uma faca. Ninguém ficou ferido.

Leia tudo sobre: manifestaçõesprotestosrecife

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas