Grupo religioso lança campanha contra a 'proliferação do homossexualismo'

Entidade lançou, em anúncio publicado em jornal de Pernambuco, uma campanha contra pedofilia, prostituição, exploração sexual de menores, turismo sexual e homossexualismo

iG São Paulo | - Atualizada às

O grupo religioso Fórum Permanente Pernambucano Pró Vida lançou neste domingo (02), com a inserção de uma peça publicitária no jornal Diário de Pernambuco, uma campanha que, entre outras ações, luta contra a 'proliferação do homossexualismo' na sociedade. Além de causar revolta de grupos homossexuais, a ação também foi criticada pela prefeitura do Recife, que teve uma marca da gestão municipal modificada para dar mais destaque a campanha.

Leia também:
Pesquisa revela que 55% dos brasileiros são contra união gay 
Governo recebe 3,4 denúncias de homofobia por dia
Pastor Silas Malafaia: “Tenho pastores que ganham entre R$ 4 mil e R$ 22 mil" 

Segundo comunicado do Instituto Pró Vida, a campanha 'Pernambuco não te quer' ataca "comportamentos e atitudes anticristãs como a pedofilia, a prostituição, a exploração sexual de menores e a proliferação do homossexualismo". O nome da campanha usou como inspiração o slogan da prefeitura da capital, "Recife te quer", o que gerou criticas da adminstração municipal.

Divulgação
Campanha exibida neste domingo em jornal de Pernambuco

O grupo faz parte do movimento "Javé Nossa Justiça", que se diz formado por cristãos e aberto a todos que professam a fé em Jesus Cristo. Além dessa campanha, a ação 'Diga não ao aborto' também foi lançada contra qualquer tipo de interrupção da gravidez, que chama de "assassinato de crianças em fase intrauterina".

Mais: 
Após tentar "curar" homossexualidade, ex-evangélico cria igreja GLS
Bolsonaro volta a dizer que kit do MEC contra homofobia é ga y

De acordo com texto de apresentação, o compromisso das campanhas "é o projeto de Jesus". Na peça contra o aborto, o grupo alerta a população para a escolha de seus candidatos, sugerindo que "cada cidadão procure conhecer o que pensa e como age seu escolhido em relação ao aborto, ao turismo sexual, e outros temas contra os valores cristãos".

Divulgação
Campanha com apelo eleitoral divulgado pelo grupo pernambucano

Nota da prefeitura

A Prefeitura do Recife divulgou um comunicado nesta terça-feira que critica a ação do grupo religioso. A nota diz que administração "lamenta o anúncio publicado, que desrespeita frontalmente o público LGBT, apropriando-se indevidamente do conceito de uma marca construída pela gestão municipal ao longo dos últimos anos, o 'Recife Te Quer'".

O comunicado ainda reforça que a cidade é um destino "amigo" e que não compartilha com qualquer ato de homofobia. "Primeiro é importante reforçar que o posicionamento homofóbico da instituição responsável pelo anúncio não reflete a realidade vivenciada pelos turistas que nos visitam. O Recife é reconhecidamente um destino friendly e não compartilha com qualquer ato de homofobia. Inclusive, este mês, no dia 16, teremos mais uma edição da Parada da Diversidade, uma das maiores do Brasil, mais uma vez com o apoio de secretarias municipais como Turismo e Direitos Humanos e Segurança Cidadã", diz a nota.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG