Eles são portadores de transtornos mentais e, por isso, são inimputáveis: não podem receber penas por serem considerados incapazes

Buraco por onde escaparam as pessoas detidas no hospital
Divulgação
Buraco por onde escaparam as pessoas detidas no hospital
Por volta das 4h desta segunda-feira, 14 detentos fugiram do Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico (HCTP), em Itamaracá, na região metropolitana do Recife. Até o início da tarde, apenas um interno havia sido capturado.

Os detentos cavaram um buraco em uma parede do pavilhão que dava acesso ao pátio da unidade e fugiram em seguida. Eles são portadores de transtornos mentais e, por isso, são inimputáveis - não podem receber penas por serem considerados incapazes de entender a ilegalidade de suas ações - e cumprem medidas de tratamento no HCTP.

De acordo com o superintendente de Segurança Penitenciária do Estado, coronel Francisco Duarte, uma operação está sendo coordenada com apoio da Polícia Militar para trazer os demais pacientes de volta à unidade. Duarte afirmou ainda que todos os familiares dos detentos que fugiram estão sendo avisados.

A Secretaria Executiva de Ressocialização não divulgou os crimes cometidos pelos fugitivos. Mais de 570 internos recebem tratamento atualmente no HCTP.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.