PDT se prepara para escolher vice de Mercadante em SP

Como antecipado na semana passada, em reunião com seis partidos de oposição ao governador José Serra (PSDB-SP), o presidente estadual do PDT em São Paulo, o deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, anunciou hoje o apoio da legenda à candidatura do senador Aloizio Mercadante (PT) ao governo paulista. Em nota divulgada à imprensa, o pedetista informou que tem, nos últimos dias, contribuído com a articulação de apoios ao lançamento do petista e manifestou a intenção de indicar o posto de vice na chapa à sucessão ao Palácio dos Bandeirantes.

Agência Estado |

O deputado federal informou ainda que o Diretório Estadual do PDT se reunirá no início de abril para a escolha do nome do partido que pode compor com Mercadante uma dobradinha ao governo do Estado. Paulinho minimizou os boatos em torno do eventual lançamento do prefeito de Indaiatuba (PDT-SP), Reinaldo Nogueira, ao posto. "Ele afirmou que, apesar de sentir-se honrado com a lembrança de seu nome, não renunciará ao cargo de prefeito", ressaltou, na nota. A decisão do prefeito, que preferiu seguir no mandato, pegou de surpresa lideranças do partido, que já vinham negociando com o PT o seu nome para o posto.

Na semana passada, em almoço na casa de Mercadante, na capital paulista, lideranças do PT, PDT, PCdoB, PR, PRB e PPL colocaram um ponto final nas tratativas em torno do nome do deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) à disputa e definiram para a primeira quinzena de abril o lançamento oficial da candidatura do senador petista. No mesmo encontro, o PDT vetou o nome do presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, filiado ao PSB, como possível candidato a vice-governador pela coalizão.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG