O suplente de deputado Fernando Chiarelli (PDT-SP) embarcou ontem para Brasília a fim de assumir hoje a vaga aberta na Câmara com a morte de João Herrmann (PDT-SP), ocorrida no domingo. O PDT, contudo, vai tentar contestar judicialmente a posse, pois entende que Chiarelli está desfiliado da legenda, para que a vaga seja ocupada por João Jorge Fadel Filho.

Chiarelli afirma que sua filiação está correta e se diz preparado para a batalha judicial.

O enterro de Herrmann foi ontem em Campinas. Ao menos 300 pessoas, entre parentes e políticos, participaram da cerimônia. O parlamentar morreu na madrugada de domingo em sua fazenda em Presidente Alves, município da região de Bauru. De acordo com laudo do Instituto Médico Legal (IML), ele teve um edema pulmonar agudo. O corpo foi sepultado no cemitério Parque Flamboyant. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.