O secretário estadual da Educação, Paulo Renato Souza, disse hoje que as mudanças propostas pelo Ministério da Educação (MEC) para o ensino médio são ideia sua. Isso já existe, é ideia minha, disse, referindo-se à intenção do ministério de agrupar as 12 disciplinas do currículo do ensino médio em quatro áreas e aumentar em 25% a carga horária, de 2,4 mil para 3 mil horas por ano.

"Estão reinventando o que já está inventado."

Segundo o secretário, as propostas do MEC, encaminhadas ao Conselho Nacional de Educação, constam de uma resolução de 1998 do próprio conselho. Na época, Paulo Renato era ministro da Educação do governo Fernando Henrique Cardoso. Paulo Renato, no entanto, não quis opinar sobre as propostas. Disse que amanhã falará com detalhes sobre o assunto. Hoje, questionado sobre a ideia do MEC, resumiu-se a comentar: "As coisas boas não são novas e as novas não são boas."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.