O governador em exercício do Distrito Federal, Paulo Octávio, entregou nesta tarde a carta de desfiliação do DEM. Segundo informação divulgada pela assessoria de imprensa de Paulo Octávio, a carta foi entregue ao presidente nacional do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ), na liderança do partido na Câmara.

O DEM já tinha dado o prazo até amanhã para que o governador em exercício do DF tomasse sua decisão pela desfiliação do partido ou pela renúncia ao governo. Caso nenhuma das decisões fosse anunciada, já havia consenso dentro do partido para a expulsão sumária do governador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.