Paulo Bernardo: restos a pagar para 2010 podem superar R$60 bi

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, estimou nesta segunda-feira em mais de 60 bilhões de reais os restos a pagar do Orçamento de 2009 que ficarão para 2010. Em conversa com jornalistas, Bernardo acrescentou que não tinha os números fechados da execução orçamentária do governo neste ano porque o Executivo ainda está empenhando recursos e pagando por obras e outros serviços.

Reuters |

"Deve passar de 60 bilhões (de reais), mas não é uma cifra exata", disse após reunião da junta orçamentária com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

No encontro, foi feito um balanço da área em 2009 e foram tratadas também as perspectivas para o Orçamento de 2010, que só deve ser sancionado pelo presidente no ano que vem.

(Por Fernando Exman)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG