Os usuários das linhas da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) dispõem de um novo recurso para fazer denúncias de delitos que presenciam durante as viagens: via torpedos, ou Short Message Service (SMS), pelo celular. Ao testemunhar algum crime dentro do trem, o passageiro pode enviar uma mensagem para o número 7150-4949, uma central de denúncias.

Seguranças próximos ao local da ocorrência, então, são acionados para atender ao chamado. Desde o dia 1º de novembro, quando o serviço começou, das 70 denúncias recebidas, 54 foram feitas por SMS e 16 pelo telefone 0800-0550121, segundo a CPTM.

Do total de denúncias, apenas dez foram consideradas ocorrências policiais, das quais quatro chegaram à central via SMS. A mais grave delas ocorreu em um trem da Linha 11-Coral, em razão do uso de entorpecentes. Embriaguez, relato de pedinte nos vagões e reclamação de rádio com volume alto foram os outros casos.

A CPTM informou que o objetivo do serviço é que o passageiro ajude a companhia "no combate ao tráfico e uso de drogas, comércio ilegal, vandalismo e outros crimes". O serviço de denúncia via SMS funciona 24 horas, todos os dias. Já as denúncias e reclamações pelo 0800 podem ser registradas de segunda a sexta-feira, das 5 às 22 horas, e aos sábados, das 6 às 18 horas.

Ainda segundo a CPTM, por telefone, das 16 denúncias recebidas, seis terminaram com intervenção de seguranças da companhia. Uma decorreu de transtornos causados por pedintes, duas por pessoas embriagadas e três por pregações religiosas dentro dos vagões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.