Paul Newman é enigmático e não confirma se está com câncer

Por Steve Gorman LOS ANGELES (Reuters) - O ator Paul Newman, ganhador do Oscar, foi enigmático ao responder, na terça-feira, uma série de reportagens que disseram que ele está com um tipo grave de câncer. Newman diz que está indo bem, disse seu porta-voz, Jeff Sanderson, em uma mensagem enviada por email à Reuters e outros veículos, em resposta às reportagens sobre sua saúde.

Reuters |

Sanderson recusou-se a dar mais detalhes quando a Reuters telefonou para seu escritório em Los Angeles.

'É isso que eu recebi dele. Ele diz que está indo bem e este é o comunicado que queria dividir com vocês, é só isso que eu tenho', disse. 'Falei com o escritório dele... e este é o comunicado que veio diretamente dele.'

As reportagens veiculadas na TV e pela Internet desde segunda-feira dizem que Newman, 83, foi diagnosticado com câncer de pulmão e está fazendo tratamento no Centro de Câncer Memorial Sloan-Kettering, em Nova York.

Uma porta-voz do Sloan-Kettering disse que não sabia se Paul Newman era paciente do hospital.

O ator anunciou há pouco mais de um ano que estava se aposentando da carreira de 50 anos devido à sua idade.

No mês passado, ele renunciou ao cargo de diretor da peça 'Sobre Ratos e Homens', de John Steinbeck, em Connecticut, alegando motivos de saúde não especificados.

A atriz Joanne Woodward, mulher de Newman há mais de 50 anos, é co-diretora artística do teatro.

Newman atuou em cerca de 60 filmes. Ao todo, recebeu nove indicações ao Oscar, mas só levou a estatueta de melhor ator em 1986, pelo filme 'A Cor do Dinheiro', no qual fez o mesmo papel pelo qual foi indicado ao prêmio em 1961, no filme 'Desafio à Corrupção',

Newman também dirigiu carros de corrida e criou uma linha de produtos alimentícios, a Newman's Own, que tem seu nome e seu rosto nos rótulos --os lucros são integralmente doados para a caridade.

(Reportagem de Steve Gorman)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG