Paul Newman: 50 anos de carreira e mais de 60 filmes

Paul Newman, nasceu em 26 de janeiro de 1925, no subúrbio de Cleveland, no Estado americano de Ohio. Em cerca de 50 anos de carreira, atuou em mais de 60 filmes e participou como diretor e produtor de 9 filmes.

Redação |

AP

Paul Newman, em 1999, em seu apartamento

Filho de comerciantes, começou a carreira fazendo peças na escola. A sua primeira aparição ao grande público foi em 1953, na Broadway, com a peça "Picnic". Depois desta atuação, conseguiu um contrato pela Warner Brothers.

A estréia na carreira cinematográfica aconteceu em 1954, com o filme "Cálice Sagrado". No entanto, ele considerou a performance ruim e chegou a publicar um anúncio em um jornal pedindo desculpas.

O papel de destaque veio dois anos depois, em 1956, com "Marcado pela Sarjeta", quando o ator foi aclamado pela crítica pela boa atuação.

Nos anos 50, estabelecu-se como o novo astro de Holywood e conseguiu recordes de bilheteria na década seguinte com os filmes "Desafio à Corrupção" (1961) "Criminosos Não Merecem Prêmio" e "O Indomado" (1963), "Rebeldia Indomável" e "Hombre" (1967).

Os anos 60 também foram marcados pela estréia de Newman como diretor de cinema. Em 1968, ele dirigiu a sua esposa Joanne Woodward no filme "Rachel, Rachel", que ganhou o Globo de Ouro de melhor filme e foi indicado ao Oscar.

No final da década, ele atuou ao lado de Robert Redford no filme Butch Cassidy, traduzido como "Dois Homens e um Destino". Parceria esta que ficaria famosa anos mais tarde no filme "Golpe de Mestre", que ganhou o Oscar de melhor filme em 1973.

AP
Robert Redford, à esquerda, e Newman em cena de "Dois Homens e um Destino"

O Oscar de melhor ator veio em 1986 por sua atuação no filme "A Cor do Dinheiro". Newman ganhou um Oscar em 1993 em reconhecimento a sua atuação em causas humanitárias. Também recebeu um Emmy em 2005 e um Globo de Ouro por sua aparição na série para televisão "Empire Falls".

Além da carreira nas telas, Paul Newman também ficou famoso por dirigir carros de corrida e criar um fábrica de produtos alimentícios, a Newman's Own.

Após diminuir o ritmo das produções na década de 90, o astro ressurgiu em 2002, aos 77 anos, no filme "Estrada para a Perdição", onde trabalhou ao lado de Tom Hanks e Daniel Graig. O longa lhe rendeu uma indicação ao Oscar como ator coadjuvante.

Em maio de 2008, já doente, o ator foi afastado da direção da peça "Of Mice and Men", baseada no livro de John Sateinbeck.

Newman foi por oito anos com Jackie Witte, com quem teve duas filhas e um filho. Depois, casou-se com a atriz Joanne Woodward, com quem viveu por mais de 50 anos. Com ela, o ator teve mais três filhas.

Leia mais sobre: Paul Newman

    Leia tudo sobre: paul newman

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG