Passos assume interinamente o Ministério dos Transportes

Atual secretério-executivo da pasta já ocupou o cargo durante o governo do ex-presidente Lula

Reuters |

O secretário-executivo do Ministério dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, assumirá interinamente a pasta no lugar de Alfredo Nascimento, que pediu demissão na quarta-feira após denúncias de um esquema de propinas que funcionava no setor e beneficiava diretamente o seu partido, o Partido da República.

Passos deve ficar no ministério até que a presidenta Dilma Rousseff escolha um novo membro do partido para assumir a pasta, segundo a assessoria do Palácio do Planalto. O senador Blairo Maggi (MT) é o mais cotado e provavelmente será anunciado como sucessor de Nascimento até o fim da semana, segundo uma fonte do governo.

Não é a primeira vez que Passos assume esse ministério. Entre abril de 2006 e março de 2007 e março e dezembro de 2010 ele comandou a pasta e tem a confiança da presidente. Ele também é filiado ao PR. Contudo, não tem força política junto ao partido para assumir em definitivo o posto.

Nascimento enviou carta de demissão na quarta-feira à presidente Dilma. Ela aceitou e manteve durante o dia negociações para encontrar um substituto.

    Leia tudo sobre: Transportesdenúnciasalfredo nascimentocrisegoverno

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG