Passeata contra abuso sexual reúne 3 mil em Maceió

Cerca de três mil pessoas participaram hoje em Maceió de manifestações para marcar o Dia Nacional de Combate à Exploração e ao Abuso Sexual contra Crianças e Adolescentes. Uma passeata na orla da capital alagoana encerrou uma semana de atividades voltadas à campanha.

Agência Estado |

Segundo a promotora de Justiça Marluce Falcão, coordenadora da campanha de Combate à Exploração e ao Abuso Sexual contra Crianças e Adolescentes em Alagoas, iniciativas como a desta semana estão ajudando a estimular a participação pública no combate aos abusos. Segundo ela, em 2006 o Disk 100, serviço do governo federal para receber denúncias, registrou 13 mil atendimentos. Em 2007, o número pulou para 24 mil.

"Isso mostra que estamos no caminho certo, já que o slogan da campanha deste ano foi 'Esquecer é Permitir; Lembrar é Combater'", afirmou. As manifestações foram organizadas pelo Ministério Público de Alagoas, em parceria com a Prefeitura Municipal de Maceió e o governo do Estado, além de entidades da sociedade civil, estudantes de universidades e militantes de movimentos em defesa dos direitos humanos. Com faixas, cartazes e panfletos da campanha, pela orla marítima, os manifestantes saíram em caminhada do Alagoas Iate Clube (Alagoinha) até o Posto Sete, na Praia de Jatiúca.

Para Marluce Falcão, a campanha deste ano no Estado foi coroada de êxito, pois contou com a participação de cerca de cem parceiros e o engajamento da juventude. "Durante toda a semana realizamos várias atividades para debater o tema e contamos com a participação de muita gente interessada em dar seqüência a essa causa", destacou a promotora.

"A violência sexual contra criança e adolescente é crime e precisa ser denunciada. A sociedade não pode se calar diante de uma agressão tão séria, que destrói os sonhos de uma infância saudável, de uma adolescência feliz", enfatizou a promotora. O Estado também contra com o serviço de atendimento do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), ligado ao Sistema Único de Saúde (SUS), pelo telefone 3315-1605, em Maceió.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG