Partilha ficará para projeto específico, diz deputado

O relator do projeto que trata do regime de partilha de produção de petróleo da camada pré-sal, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), afirmou que deixará para o futuro, em um projeto específico, a questão dos royalties. Henrique Alves afirmou que já conversou com os governadores de São Paulo, José Serra (PSDB), e do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), antecipando sua decisão de não mexer na regra dos royalties agora.

Agência Estado |

"Vamos deixar tudo como está. Para quê voltarmos a essa discussão agora? Isso é para o futuro, daqui a quatro, cinco anos, podemos discutir isso. Não há consenso nesse assunto", disse Henrique Alves.

Pós-sal - O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, confirmou que as regras propostas para o pré-sal, incluindo o sistema de partilha, valerão também para o pós-sal em campos não licitados, dentro da área geográfica enquadrada no projeto de lei como pré-sal.

"Para o pós e para o pré-sal vale a mesma regra, dentro dos 149 mil quilômetros quadrados do pré-sal", afirmou Lobão.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG