Parlamento da UE pede respeito a decisão sobre Battisti

O Parlamento Europeu pediu hoje que o Brasil leve em conta a sentença italiana no caso do ex-militante Cesare Battisti. Uma moção sobre o tema foi aprovada na sede do Parlamento Europeu, em Estrasburgo, na França, por 46 votos a favor e 8 contra, informou o jornal Corriere della Sera em seu site na internet.

Agência Estado |

Anteriormente, a Comissão Europeia havia decidido em 29 de janeiro que "não tinha competência" para intervir no caso.

A assembleia de Estrasburgo fez ainda um minuto de silêncio pelas vítimas de Battisti, segundo o jornal italiano. O ministro da Justiça, Tarso Genro, concedeu status de refugiado a Battisti no dia 13 de janeiro. A medida tem sido criticada pelo governo italiano, que insiste na extradição. Battisti foi condenado na Itália por envolvimento em quatro assassinatos nos anos 1970. Ex-militante do Proletários Armados pelo Comunismo, o italiano afirma ser inocente. Ele está preso em Brasília, aguardando decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o caso.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG