As revelações dos gastos do Senado e da Câmara com passagens aéreas, feitas pelo Congresso em Foco, e a imensa repercussão que essas informações tiveram na sociedade estão levando parlamentares de diversos partidos, do governo e da oposição, a se movimentar para incluir na agenda do Congresso uma revisão profunda do modo de fazer política no Brasil.

Temos de enfrentar este processo de controvérsia, que envolve a discussão dos custos do Congresso e a definição do que se pode e do que não se pode fazer em política, inclusive nas campanhas eleitorais, afirma o deputado Gustavo Fruet (PSDB-PR).

Leia a reportagem completa no Congresso em Foco

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.