cancelamento da sessão desta quarta-feira da CPI mista dos Cartões Corporativos mostrou o desinteresse dos membros em continuar as investigações e, para alguns membros, causou estranheza na pressa em caminhar para o relatório final já na próxima semana. Segundo a presidente da comissão, senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), a última chance de prolongar a apuração sobre o suposto dossiê sobre gastos do governo Fernando Henrique será a votação, na próxima terça, de novas convocações para depoimentos." / cancelamento da sessão desta quarta-feira da CPI mista dos Cartões Corporativos mostrou o desinteresse dos membros em continuar as investigações e, para alguns membros, causou estranheza na pressa em caminhar para o relatório final já na próxima semana. Segundo a presidente da comissão, senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), a última chance de prolongar a apuração sobre o suposto dossiê sobre gastos do governo Fernando Henrique será a votação, na próxima terça, de novas convocações para depoimentos." /

Parlamentares falam em fim da CPI dos cartões por falta de provas sobre dossiê

BRASÍLIA - O http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/05/21/reiniao_da_cpi_dos_cartoes_e_adiada_e_jose_aparecido_depoe_na_proxima_semana_1321259.htmlcancelamento da sessão desta quarta-feira da CPI mista dos Cartões Corporativos mostrou o desinteresse dos membros em continuar as investigações e, para alguns membros, causou estranheza na pressa em caminhar para o relatório final já na próxima semana. Segundo a presidente da comissão, senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), a última chance de prolongar a apuração sobre o suposto dossiê sobre gastos do governo Fernando Henrique será a votação, na próxima terça, de novas convocações para depoimentos.

Rodrigo Ledo e Severino Motta, do Último Segundo |

Estava prevista para a manhã desta quarta-feira a continuidade do depoimento do ex-secretário de Controle Interno da Casa Civil, José Aparecido Pires, que havia sido interrompido na noite da terça-feira pelas votações nos plenários da Câmara dos Deputados e Senado.

Mas, ao abrir a sessão nesta manhã, a presidente da CPI anunciou que nenhum dos quatro parlamentares que haviam ficado na fila para questionar José Aparecido se encontravam, e anunciou o encerramento dos trabalhos.

O deputado federal Chico Alencar (PSol-RJ), por exemplo, não quis fazer um ataque direto ao comando da CPI mas disse estranhar  pressa em encerrar o depoimento. Ele ressaltou que alguns dos membros da CPI que estavam inscritos para falar estavam no Congresso e na última hora desistiram.

Alguns vieram aqui e foram embora, como o deputado Nilson Mourão (PT-AC). O ânimo de investigar é infinitamente menor que o de encerrar a CPI, reclamou Chico Alencar, acrescentando que estranhou o contexto mas seria arriscado falar em um acordão entre governistas e tucanos para evitar uma acareação de José Aparecido com André Fernandes, os dois depoentes que entraram em contradição nesta terça.

Cronograma

A senadora Marisa Serrano justificou o encerramento precoce da sessão desta quarta dizendo que faltou empenho mas também por ser véspera de feriado prolongado.  Questionada sobre a necessidade de convocar para depoimentos os nomes citados pelos depoentes desta terça-feira, ela declarou que será a última chance de esticar a apuração do dossiê.

Terça-feira (27) se não votarem favoravelmente o que vou colocar em votação, parto para  leitura dos relatórios. Temos dois sub-relatórios e um relatório final, e podemos ter relatório paralelo, disse Marisa.

O relator da CPI, deputado federal Luiz Sérgio (PT-RJ), foi ainda mais afirmativo na disposição de terminar e votar os relatórios, no dia 29, para concluir os trabalhos. Caberá a inquérito da Polícia Federal esclareça este tema [do dossiê], não acredito que a CPI, por mais que busque, seja mais eficaz que a PF, alegou.

O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP), disse que a CPI já deu tudo o que podia e não tem mais nada a produzir. A acareação não interessa mais à sociedade brasileira. Ficou claro que os dois [depoentes] que têm uma amizade estranha são os responsáveis por causar essa enorme tensão na política brasileira, comentou Teixeira.

Um dos sub-relatores da comissão, deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), disse que, de sua parte, os trabalhos avançaram bem. Ele diz ter conseguido identificar brechas por onde escapavam os recursos dos cartões, de forma colocar sugestões no relatório final e reduzir as irregularidades no futuro.

Leia também:

Leia mais sobre: CPI dos Cartões  - dossiê

    Leia tudo sobre: dossiê

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG