Paris desiste da campanha sobre exposição de ocupação nazista

A prefeitura de Paris pretende cancelar uma campanha de cartazes, anunciando a exposição Os parisienses sob a ocupação, que estará exposta na Biblioteca Histórica até 1º de julho, porque a mostra não oferece uma visão real do que foi a ocupação nazista.

AFP |

O conselheiro-adjunto na prefeitura de Paris encarregado da Cultura, Christophe Girard, explicou que a decisão do governo se deve às "emoções" despertadas pela campanha, e à "polêmica" que se deflagrou.

"O título não nos agrada", resumiu Girard.

A exposição se apresenta como "uma visão da vida parisiense durante a ocupação e a libertação", e é composta de 250 fotografias inéditas do fotógrafo André Zucca, que trabalhou para o "Signal", um jornal de propaganda nazista.

Nas fotografias, contemplam-se belas mulheres e parisienses passeando tranqüilamente pelo Champs Elysées, ou pelo hipódromo de Longchamp.

O que desagradou foi o fato de as fotografias não serem um reflexo da realidade da ocupação, nem se mostram imagens, como as longas filas por comida, nem as batidas contra os judeus.

A Biblioteca Histórica foi acusada de não pôr as imagens em seu contexto.

Após a libertação, Zucca perdeu seu registro de jornalista e foi expulso da profissão.

eb/tt/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG