Parentes de vítimas do acidente da TAM reprovam resultado de inquérito

Em nota divulgada neste sábado (3), a Associação dos Familiares e Amigos das Vítimas do Voo TAM JJ 3054 (Afavitam) manifestou indignação com a conclusão do inquérito da Polícia Federal (PF) que apontou como culpados apenas os dois pilotos mortos no acidente.

Agência Brasil |

Segundo o presidente da associação, Dário Scott, os parentes ainda não tiveram acesso à investigação da PF, que corre em segredo de justiça. No entanto, eles foram informados pela imprensa sobre o resultado enviado ao Ministério Público Federal (MPF). Em muitas oportunidades, a quebra do sigilo foi solicitada por nós e sempre negada, e aí está o resultado, destacou a associação.

Em entrevista à Agência Brasil, Scott disse que os parentes das vítimas estão esperançosos de que o MPF realmente denuncie os responsáveis por esse crime. Ele ressaltou que a apuração das causas do acidente não terminou com o fim do inquérito da PF. De acordo com o presidente da associação, o Ministério Público pode ainda utilizar as informações da investigação realizada pela Polícia Civil e ouvir por conta própria outros envolvidos.

O fato de o inquérito feito pela Polícia Civil ter apontado 11 pessoas como responsáveis pela tragédia é, segundo Scott, algo que traz estranhamento aos parentes. É muito estranho para nós ver duas investigações que têm os mesmos elementos com resultados tão díspares, ressaltou.

O delegado responsável pela apuração da PF, Ricardo Sancovich, foi convidado a participar do próximo encontro da Afavitam, no dia 17 de outubro em Porto Alegre, para explicar os resultados da investigação aos parentes das vítimas.

O acidente da TAM, no dia 17 de julho de 2007, causou a morte de 199 pessoas. O avião percorreu toda a pista do Aeroporto de Congonhas sem conseguir parar e bateu em um prédio na área externa do terminal.
Leia mais sobre: acidente com o voo TAM JJ 3054

    Leia tudo sobre: acidente aéreoacidente da taminquéritovítimas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG