Paraná tem nove mortes por dengue

Em uma semana, foram confirmados 1,2 mil novos casos da doença, elevando o total para 4.532 em todo o Estado

Luciana Cristo, iG Paraná |

O número de mortos em decorrência de complicações por dengue chegou a nove pacientes no Paraná. Cinco das mortes ocorreram por dengue com complicação e as outras quatro por febre hemorrágica de dengue. Em uma semana, foram confirmados 1,2 mil novos casos da doença, elevando o total para 4.532 em todo o Estado.

As mortes e os casos graves se concentram nas regiões norte e norte pioneiro do Paraná. Cinco das mortes foram em Jacarezinho (norte pioneiro), duas em Londrina (norte), uma em Cambará e a última em Carlópolis, as duas também no norte pioneiro.

Além das regiões de Jacarezinho e Londrina, que enfrentam situações mais problemáticas por conta da grande incidência de casos graves (já são 37 registrados), nesta segunda-feira a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) anunciou que pelo menos outros 12 municípios do Paraná estão com alto risco de epidemia de dengue: São Miguel do Iguaçu, Florestópolis, Astorga, Cambé, Leópolis, Bela Vista do Paraíso, Maripá, Medianeira, Marialva, Paiçandu, Cascavel e Sarandi.

Para essas cidades, o fator que acendeu o sinal amarelo foi o índice de infestação predial. Todas tem índice igual ou superior a 4% (o que significa que, de 100 casas, quatro têm focos de dengue) e ocorrência de casos autóctones (contraídos no próprio município), o que caracteriza circulação viral. O aceitável pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é de 1% no índice.

Também foram identificados outros 25 municípios com índice de infestação predial entre 1% e 3,9%, considerados de médio risco para a doença.

    Leia tudo sobre: dengueparaná

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG