A Secretaria da Saúde do Paraná anunciou que todas as cirurgias eletivas (não emergenciais) que precisarem de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estão suspensas por 30 dias no Estado. O objetivo é ter uma reserva técnica de leitos caso haja necessita de atendimento a pacientes com doenças respiratórias graves, entre elas a gripe suína.

De acordo com a secretaria, a informação já foi repassada para as regionais de saúde, que ficarão responsáveis por conversar com os hospitais. Segundo o superintendente de Gestão em Saúde da secretaria, Irvando Carulla, essa é apenas uma medida preventiva. "Hoje, não há nenhum paciente com insuficiência respiratória aguardando leito de UTI no Paraná", garantiu.

A secretaria informou que, no ano passado, a pneumonia e outras complicações da gripe sazonal causaram 2.415 mortes no Estado. Este ano, os dados preliminares apontam 1.219 mortes, incluídos os óbitos pela gripe suína.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.