Paraná prorroga vacinação contra rubéola até dezembro

A Secretaria da Saúde do Paraná divulgou hoje a prorrogação da campanha de vacinação contra a rubéola até o mês de dezembro em todo o Estado. Segundo a Secretaria, o Estado contabilizava apenas 79,15% de paranaenses vacinados, na faixa etária dos 20 a 39 anos.

Agência Estado |

Há municípios que sequer chegaram aos 40% de pessoas vacinadas e 128 atingiram a meta. De acordo com o secretário da Saúde, Gilberto Martin, as vacinas continuam disponíveis nas Unidades de Saúde, e equipes móveis para buscar quem ainda não foi vacinado permanecem ativas.

"Vamos continuar trabalhando para que a meta seja alcançada e, para isso, vamos até a população. Queremos a rubéola e a síndrome da rubéola congênita longe de nosso Estado", garante. Em todo o Paraná, 128 municípios atingiram a meta de vacinar 95% da população entre 20 a 39 anos. Embora o Paraná não esteja na lista divulgada pelo Ministério da Saúde dos Estados que terão a vacinação prorrogada, a ação da Secretaria vai garantir o maior número possível de pessoas imunizadas.

"A grande preocupação é com a síndrome da rubéola congênita, que ocorre quando uma gestante adquire a doença. Nesse caso, as seqüelas para o bebê podem ser terríveis e permanentes", completa o superintendente de Vigilância em Saúde e Pesquisa da Secretaria, José Lúcio dos Santos. Ele explica que há grande rejeição em se imunizar por parte da população, que mesmo com a busca ativa, não aceita tomar a vacina. "Por isso, fazemos mais uma vez um apelo para que todos se vacinem", enfatiza Santos.

Leia mais sobre rubéola

    Leia tudo sobre: rubéola

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG