Paraná decreta luto de 3 dias pela morte de Zilda Arns

O governo do Estado do Paraná decretou luto oficial de três dias pela morte da fundadora da Pastoral da Criança e do Idoso, Zilda Arns, de 73 anos, que vivia em Curitiba. A coordenadora internacional da Pastoral da Criança teve sua morte confirmada hoje pelo gabinete do senador e sobrinho Flávio Arns.

Agência Estado |

Zilda morreu durante o terremoto que atingiu o Haiti. Ela estava acompanhada de um tenente que participava da missão brasileira naquele país.

Zilda Arns Neumann era médica pediatra e sanitarista, fundadora e coordenadora internacional da Pastoral da Criança e fundadora e coordenadora nacional da Pastoral da Pessoa Idosa, além de ser representante da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), do Conselho Nacional de Saúde e membro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG