Paraguai destroi 27 hectares de maconha na fronteira com MS

Assunção, 18 jan (EFE).- As autoridades paraguaias, com apoio da Polícia Federal (PF) brasileira, informaram hoje sobre a destruição de 27 hectares de plantações de maconha no departamento de Canindeyú, na fronteira com o Mato Grosso do Sul.

EFE |

A Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) detalhou em comunicado que seus agentes contaram com ajuda de dois helicópteros das Forças Armadas para viabilizar a destruição da plantação, que se insere em uma grande operação contra a droga na fronteira com o Brasil.

Dentro da operação, denominada "Nova Aliança I-10", que conta com o apoio da PF, também foram confiscados 300 quilos de maconha processada e 100 quilos de sementes em quatro acampamentos precários.

Nas zonas de densa vegetação de Canindeyú, e também das áreas vizinhas de Amambay e Concepción, todas na fronteira com o Brasil, se concentram as plantações de maconha que colocam o Paraguai como um dos principais produtores da droga da região. EFE rg/rr

    Leia tudo sobre: drogas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG