Parada LGBTS em Brasília reúne 10 mil pessoas

A 11ª Parada do Orgulho LGBTS (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais, Transgêneros e Simpatizantes) de Brasília reuniu cerca de 10 mil pessoas, de acordo com estimativa da Polícia Militar. O tema desse ano foi a busca pela instalação do Conselho de Cidadania LGBTS no Distrito Federal.

Agência Estado |

O evento percorreu o Eixo Rodoviário Sul com um grupo de manifestantes vestindo camisetas camufladas com mensagens contra a homofobia.

A parada contou com a presença do ex-sargento do Exército Fernando Alcântara, que pediu baixa das Forças Armadas depois de ter sido preso por duas vezes após assumir publicamente ter uma relação estável com o também sargento do Exército Laci Araújo, desde 1997. "Nós homossexuais, bissexuais e transgêneros também construímos o Exército", dizia uma das faixas ostentadas no carro de som.

"Estamos em todas as profissões. É preconceito nos ligar a questões frágeis. Estamos na sociedade com os erros e acertos de todos os heterossexuais", afirmou Welton Trindade, um dos organizadores.

Leia mais sobre Parada Gay

    Leia tudo sobre: parada gay

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG