Parada Gay movimenta R$ 189 milhões em SP

A 12ª edição da Parada do Orgulho GLBT, que acontece hoje em São Paulo, trouxe cerca de 327 mil turistas à capital paulista, informou a São Paulo Turismo. A estimativa é que esse público movimente cerca de R$ 189 milhões, tornando-se o segundo maior evento em arrecadação financeira, atrás apenas da Fórmula 1.

Agência Estado |

Depois da Virada Cultural, a Parada é o evento que mais traz turistas à capital paulista. Este ano, dos 327 mil estimados, 5% vêm de outros países e 95% são brasileiros vindos principalmente do interior e litoral, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná. Este público fica em média quatro dias na cidade, e gasta aproximadamente 30% a mais do que o turista médio. O total movimentado por turistas estrangeiros gira em torno de R$ 28 milhões, enquanto os visitantes brasileiros desembolsam cerca R$ 161 milhões.

A edição deste ano da Parada Gay deve gerar ou manter por um ano uma média de 13,5 mil empregos diretos e indiretos, e mobilizar 52 setores da economia. De acordo com a São Paulo Turismo, o segmento hoteleiro da região da Avenida Paulista tem cerca de 85% de ocupação desde o início da semana. Em abril, a taxa mensal no município já ficou em 70%, um recorde para o mês.

Segundo pesquisa realizada pela São Paulo Turismo no ano passado, o perfil do público da Parada GLBT é equilibrado entre homens e mulheres, e predominam os participantes entre 25 e 39 anos (39,5% do total), seguido pelos de 18 a 24 anos (39%). Entre os entrevistados, 49% se declararam homossexuais; 37% heterossexuais; 8,6% bissexuais e 1,4% transexuais.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG