Para SSP, movimento em delegacias está normal

A Polícia Civil deu início hoje a uma operação padrão em todo o Estado de São Paulo que deve durar até o fim do julgamento do dissídio da categoria. Segundo balanço da Secretaria de Segurança Pública (SSP), as delegacias do interior do Estado estão funcionando normalmente, assim como a maioria das delegacias localizada na capital paulista.

Agência Estado |

A secretaria não revelou quantas delegacias foram contatadas. A Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Adpesp) ainda não tinha um balanço sobre a operação, o que deve acontecer no período da tarde.

Segundo nota divulgada pela Secretaria da Segurança Pública, o órgão "fará cumprir a decisão judicial que prevê a manutenção de 80% dos serviços de cada unidade policial. A Justiça do Trabalho será comunicada de qualquer descumprimento da liminar para imposição da devida multa de R$ 200 mil, além de sanções e penalidades legais aos funcionários faltosos".

De acordo com a Adpesp, entre várias determinações decididas em assembléia ontem, com a operação padrão não haverá escoltas de presos, já que a responsabilidade é da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), nos casos de transferência decorrentes de prisões em flagrante, será exigida a presença de dois policiais para cada preso, não aceitando os riscos decorrentes da inobservância dessa norma de segurança.

Todo o pessoal emprestado à polícia será afastado. Os policiais ainda prometem, entre outras coisas, mandar as viaturas com problemas, o menor que seja, para o conserto.
Desde o início de agosto, os policiais negociam com o governo estadual reajuste nos salários da categoria. As entidades policiais alegam perdas salariais de 60% e querem o reajuste do salário.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG