equívoco - Brasil - iG" /

Para Serra, aumento de juro no Brasil seria equívoco

SÃO PAULO (Reuters) - O governador do Estado de São Paulo, José Serra (PSDB), fez duras críticas nesta terça-feira à política monetária adotada pelo Banco Central e afirmou que seria um equívoco aumentar os juros. Num momento em que se precisa de mais liquidez na economia, quando você aumenta os juros você enxuga a liquidez... é um problema de manual de economia para o ensino básico. Juros e liquidez são face da mesma moeda, afirmou Serra a jornalistas após anunciar crédito de 4 bilhões de reais para a indústria automotiva .

Reuters |

O governador paulista, que no anúncio da linha de financiamento para a indústria de veículos estava acompanhado do ministro da Fazenda, Guido Mantega, cumprimentou os esforços do ministério no combate à crise de crédito.

"Não ter aumentado o juro agora já foi bom, dada a tradição do Banco Central, que levou os juros do país a um dos maiores patamares do mundo", disse Serra, acrescentando que seria um "equívoco imenso aumentar os juros" nas atuais circunstâncias de escassez de crédito.

Serra cobrou mais "agilidade" do Banco Central no sentido de viabilizar que os créditos liberados pela diminuição do compulsório dos bancos cheguem ao mercado de consumo.

Em outubro, o Comitê de Política Monetária manteve a taxa básica de juros do país em 13,75 por cento ao ano, interrompendo o ciclo de aperto monetário iniciado em abril.

A última reunião do Copom neste ano está agendada para 9 e 10 de dezembro e a expectativa de analistas é de nova manutenção da taxa, para que o BC monitore melhor os efeitos na economia da crise de crédito e o repique da inflação.

NOSSA CAIXA

Sobre a possível venda do banco estadual Nossa Caixa ao Banco do Brasil, Serra evitou comentários específicos.

O governador afirmou apenas que "é um assunto que não foi concluído apesar do noticiário em contrário" e que o Estado deve mandar para a Assembléia Legislativa um projeto sobre a operação "assim que se conclua a negociação". Ao ser perguntado quando isso poderia acontecer, Serra não respondeu.

As ações da Nossa Caixa operavam em queda de 6,9 por cento nesta tarde, cotadas a 49,45 reais, enquanto o Ibovespa perdia 2,2 por cento.

Na véspera, o papel disparou 9,3 por cento, maior alta do Ibovespa.

(Reportagem de Alberto Alerigi Jr.)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG