Para proteger Senado no caso das passagens, Heráclito ataca Executivo

BRASÍLIA - O primeiro-secretário do Senado, Heráclito Fortes (DEM-PI), disse nesta sexta-feira, durante entrevista sobre a farra do Congresso com a passagens aéreas, que é do outro lado da rua que mora o perigo, numa referência ao Palácio do Planalto, sede do poder Executivo.

Severino Motta - Último Segundo/Santafé Idéias |

De acordo com ele, as matérias da imprensa estão sendo desproporcionais em relação ao parlamento. "O Senado tem apanhado em relação ao que acontece do outro lado da rua, isso é desproporcional", disse.

Sem citar as supostas irregularidades, Heráclito destacou apenas os fundos de pensão e a CPI das ONG's, além do prováveis abusos com passagens aéreas.

Agência Brasil
Heráclito Fortes saiu em defesa do senadores
Sobre a efetividade das medidas tomadas pelo Senado, que limitam ao parlamentar e a assessores as viagens custeadas pelo parlamento, e garantem a publicação de informações na internet, Heráclito disse que elas já estão valendo e que em cerca de 90 dias os dados sobre novas viagens estarão na rede.

Ainda sobre passagens, Heráclito disse que os casos de abusos relatados pela imprensa vão ser investigados administrativamente e que, a partir de agora, viagens que fujam às regras poderão acabar em processos no Conselho de Ética.

Leia também:

Leia mais sobre: Senado

    Leia tudo sobre: passagemsenado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG