Para Lula, operação Satiagraha é legal e consistente, dizem assessores

BRASÍLIA ¿ O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e os ministros que participaram da reunião da coordenação política nesta segunda-feira avaliaram a operação Satiagraha, da Polícia Federa, como exitosa e consistente, segundo assessores do Palácio do Planalto. Após um relato feito pelo ministro da Justiça, Tarso Genro, sobre os detalhes da ação, os ministros concluiram que, apesar das eventuais ¿falhas¿, como o vazamento de imagens para uma emissora de TV, a Polícia Federal deverá produzir um inquérito dentro da legalidade.

Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias |



Agência Brasil
Lula embasa operação da Polícia Federal
Durante a reunião de Coordenação Política, Lula e seus auxiliares comentaram ainda o possível desgaste entre a Polícia Federal (PF) e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, e ressaltaram que as diferenças de opinião devem ser resolvidas no âmbito do Judiciário da forma que os envolvidos considerarem conveniente.

A operação deflagrada na semana passada prendeu, ao todo, 24 pessoas, entre elas o sócio-fundador do banco Opportunity, Daniel Dantas, o investidor Naji Nahas e o ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta. No entanto, os três conseguiram habeas-corpus e atualmente encontram-se em liberdade. 

Além do presidente Lula participaram da reunião o vice-presidente, José Alencar, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, o ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monterio, o da Secretaria Geral da Presidência, Luiz Dulci, da Justiça, Tarso Genro, do Planejamento, Paulo Bernardo, da Comunicação Social, Franklin Martins e o chefe de gabinete do presidente da República, Gilberto Carvalho.

Leia também:

Leia mais sobre: Daniel Dantas - Gilmar Mendes - Fausto De Sanctis

    Leia tudo sobre: operação satiagraha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG