Para almirante, modernização da Marinha precisa de R$4 bi ao ano

Por Eduardo Simões ITAPEMIRIM, Espírito Santo (Reuters) - A Marinha precisa de quase 4 bilhões de reais por ano para se modernizar tanto na área de equipamentos quanto na de treinamento de pessoal, segundo avaliação do comandante de Operações Navais, almirante de Esquadra Álvaro Luiz Pinto.

Reuters |

'Só para se ter uma idéia, para a manutenção do status quo a Marinha precisa de 2,8 bilhões ano', afirmou o militar a jornalistas que acompanharam manobras da Operação Atlântico, que simula a defesa da infra-estrutura do petróleo, na cidade capixaba de Itapemirim.

'Agora, para se atingir uma melhora na capacitação, na construção, na modernização, acredito que 1 bilhão de reais a mais por ano seja o ideal', acrescentou.

O Orçamento da União para este ano prevê limite de gastos de 1,525 bilhão de reais para a Marinha, que tem atualmente cerca de 3 bilhões de reais contingenciados pelo governo. Esse montante é resultado de arrecadação de royalties pela exploração de petróleo que, por lei, deveriam ser destinados em parte a atividades da Marinha.

'Nós não podemos tratar os assuntos isoladamente', disse o ministro da Defesa, Nelson Jobim, ao justificar o congelamento dos recursos. 'Nós temos de tratar a questão a partir da necessidade do ajuste fiscal do país.'

Apesar de detectar a falta de recursos, o almirante afirmou que, nos últimos dois anos, o governo tem olhado o setor militar com outros olhos.

Jobim tem feito da nova Estratégia Nacional de Defesa, cujo anúncio estava previsto para o início do mês, mas agora deve ser feito só no final de outubro, um dos pilares de sua gestão à frente da pasta.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG