dada como encerrada - Brasil - iG" /

Para aeroportuários, greve é dada como encerrada

Os funcionários da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), que entraram em greve à meia-noite desta quarta, decidiram voltar ao trabalho após assembléias feitas em vários aeroportos do País. Segundo informações do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina), a greve está dada como encerrada, já que os aeroportuários dos grandes terminais decidiram pelo fim da paralisação.

Redação com Agência Estado |

Segundo o presidente do sindicato, Francisco Lemos, os grevistas decidiram aceitar a proposta da empresa, pois acreditavam que era o máximo que conseguiriam. Tivemos a maturidade de avançarmos até onde podíamos, forçar mais que isso poderia ser prejudicial, disse.

De acordo com a assessoria do Sina, pelo acordo, os salários dos 11 mil funcionários terão reajuste de 5,5% retroativo a maio; e o valor dos tíquetes-refeição passará de R$ 22 para R$ 24. A diferença virá no salário de agosto.

AE
Serviços foram pouco afetados com greve
Com relação ao plano de carreira dos aeroportuários, ficou estabelecido pagamento de duas promoções de 3,5% pagas em outubro e outra em janeiro para os trabalhadores que tiverem completado um ano de casa no dia 31/12/2007. 

O valor do bônus de Natal, recebido informalmente pelos funcionários há 25 anos, deve ser formalizado em outubro. 

Nós consideramos essa luta uma vitória, conseguimos avançar significativamente, mesmo com a empresa sendo truculenta desde o início das negociações, exclamou Lemos. 

Durante a paralisação, que durou pouco mais de oito horas, serviços como operação, segurança, carga aérea e serviços em geral foram prejudicados, mas, de acordo com Lemos, nada prejudicial ao passageiro, que pouco sentiu. 

Preocupação com passageiros

Uma das preocupações de Lemos era com os passageiros prejudicados pela paralisação. Depois de apresentar as propostas da empresa, durante seu discurso para aproximadamente 700 pessoas no aeroporto de Guarulhos, o presidente do sindicato alertou os grevistas para a possibilidade da população se revoltar. Temos que pensar nos passageiros também. Pensar se vale a pena ficar contra eles. Uma greve muito longa é prejudicial a todos, disse. Temos que pensar naqueles que pagam nossos salários, complementou.

(*Com informações de Gregório Russo e Regina Bandeira)

Leia também:

Leia mais sobre: greve - Infraero

    Leia tudo sobre: infraero

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG