Tamanho do texto

Nuvens carregadas ainda crescem no norte do Paraná, por conta do calor e da umidade do ar que ainda está relativamente alta na região.

Radares meteorológicos detectam várias áreas de chuva na região, que acontecem também na região de Londrina e de Maringá.