Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Palácio da Justiça de SP passa por 1ª restauração

A fachada de quase um século do Palácio da Justiça de São Paulo passa pelo primeiro restauro. As delicadas esculturas que simbolizam ícones da Justiça e ornamentam a fachada estavam deterioradas.

Agência Estado |

Muitas foram retiradas por apresentar risco de queda e algumas tiveram perda total. Além da ação do tempo, a fachada é agredida pela chuva na capital, carregada de gás carbônico, que provoca uma reação química com o cimento da construção.

“É um restauro bastante trabalhoso. Primeiro, identificamos a causa do dano e, em seguida, reproduzimos os elementos artísticos. É uma mistura de tecnologia - há análises em laboratório para identificar a natureza do material - e atividade artesanal, de forma a preservar a riqueza de detalhes dos ornamentos”, explica o diretor da Unidade de Restauros da Pires Giovanetti Guardia, o arquiteto Juca Pires. A empresa venceu a licitação de R$ 5 milhões e a revitalização, iniciada em 2007, deve ser concluída em março.

Além da fachada externa, de 8.200 m², o projeto inclui o restauro da cobertura de cobre do salão do júri, uma cúpula semelhante à da Catedral da Sé. Tanta cautela se deve ao fato de o prédio ser considerado monumento histórico de valor arquitetônico, tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado (Condephaat). Durante o processo foram encontradas caixas com pisos e azulejos do projeto original, no andar superior do prédio, acompanhadas de notas fiscais.

De autoria de Ramos de Azevedo, a fachada foi inspirada no Palácio da Justiça de Roma, na Itália. “Quando algum entrave burocrático emperrava o andamento das obras, Ramos de Azevedo continuava com recursos próprios”, conta José Renato Nalini, desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) e autor do livro Palácio da Justiça, em parceria com Ebe Reali. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG