País vacina contra pólio e rubéola

A campanha nacional de vacinação contra a rubéola, que começa hoje, terá esforço especial nas fronteiras brasileiras. Segundo a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), serão imunizadas cerca de 137 mil pessoas que entram e saem do Brasil.

Agência Estado |

Ana Morice, consultora técnica em imunizações da Opas, estima que 41 mil serão estrangeiros. O Ministério da Saúde e a Opas querem garantir que ninguém deixe de receber a vacina por não estar no seu país de origem durante a campanha.

Serão vacinadas durante a campanha cerca de 70 milhões de pessoas. A ação vai até 12 de setembro e faz parte de um esforço capitaneado pela Opas para erradicar a rubéola das Américas. "Para cada R$ 1 investido na prevenção, outros R$ 12 são economizados com tratamento”, afirma Ana. "E há um ganho mais importante e difícil de computar: a diminuição dos problemas na gravidez."

Também hoje ocorre, em todo o País, a segunda fase da vacinação contra paralisia infantil. A meta é imunizar 95% dos quase 16 milhões de crianças menores de cinco anos. Em São Paulo, são 2,9 milhões de crianças. Foram mobilizados 15 mil postos fixos e volantes, que irão funcionar das 8 horas às 17 horas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG