País tem 54 hospitais para atender casos de gripe suína

O Brasil dispõe de 54 hospitais de referência para atender eventuais novos casos de gripe suína - Influenza A (H1N1). Há ainda medicamentos prontos para tratar 12,5 mil pessoas e 9 milhões de doses em pó para futura fabricação.

Agência Estado |

Além disso, a partir de hoje, a Associação Médica Brasileira e a Sociedade Brasileira de Infectologia divulgarão um guia de diagnóstico e tratamento da doença para médicos. O Ministério da Saúde confirmou ontem os quatro primeiros casos confirmados da enfermidade no País.

No entanto, segundo especialistas, a vigilância epidemiológica deve ficar em alerta, agora, para eventuais sinais de transmissão do vírus dentro do País. Conforme o gerente da Área de Vigilância em Saúde e Gestão de Doenças da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), Jarbas Barbosa, os principais sinais disso são registros de conglomerados de pessoas com sintomas da doença e que não saíram do Brasil. As autoridades devem atentar principalmente para situações assim entre jovens, faixa etária mais atingida pela nova doença.

“A grande prova de fogo será daqui para a frente”, afirma Juvêncio Furtado, presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia. Ele considera que o Brasil, até agora, adotou as medidas adequadas para controle da doença. “Seguimos as diretrizes internacionais sobre o tema. Se houver transmissão no próprio País, veremos a capacidade das autoridades. Os médicos precisam ficar atentos para identificar rapidamente qualquer caso suspeito.” Os hospitais de referência podem ser consultados no site do Ministério da Saúde ( www.saude.gov.br ). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG