O Ministério da Saúde confirmou hoje que 557 pessoas morreram no País em decorrência do vírus Influenza A (H1N1), conhecido como gripe suína. Entre os Estados com maior número de mortes estão São Paulo, com 223 óbitos confirmados (40% do total), Paraná, com 151 mortes (27,1%); Rio Grande do Sul, com 98 casos fatais (17,6%); e Rio de Janeiro com 55 (9,9%).

No boletim epidemiológico divulgado à imprensa, foi informado que 58 das 480 gestantes que tiveram resultado positivo para o vírus A(H1N1) morreram. Segundo o boletim do ministério, na semana de 16 a 22 de agosto foi mantida a tendência de redução de casos graves observada na semana anterior.

Hoje, a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, informou que todas as escolas da rede e diretorias de ensino do Estado vão receber um vídeo com participação de médicos especialistas para orientar os docentes sobre a Influenza A (H1N1). De acordo com a Secretaria, as recomendações são dadas por especialistas do Instituto de Infectologia Emílio Ribas e da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), reunidos em uma série de entrevistas comandadas por David Uip, diretor do Emílio Ribas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.