Brasil e outros países latino-americanos vão defender a inclusão da defesa dos imigrantes em um acordo da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre combate ao racismo. Por sugestão do Brasil, o rascunho do texto pede que governos tomem medidas para combater a discriminação e que os direitos humanos dos imigrantes sejam respeitados.

O texto ainda sugere que políticas de imigração sejam revistas se elas violam direitos fundamentais.

Os europeus consideraram as referências como “desequilibradas”. Com 8% da população europeia de origem estrangeira, os governos da UE vêm adotando medidas para restringir a entrada de imigrantes ilegais. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.