País é desigual, diz reitor da Unipalmares

Em entrevista ontem à TV Estadão , o reitor da Faculdade da Cidadania Zumbi dos Palmares (Unipalmares), José Vicente, disse que “nem no tempo do apartheid” os números da desigualdade eram tão incisivos quanto hoje no Brasil. “Continuamos patinando”, alertou.

Agência Estado |

“Precisamos ter a ousadia de fazer uma intervenção que permita, daqui a 20 anos, visualizar números melhores”, frisou.

Ele sugeriu, entre outras soluções, que o governo exija metas de inclusão de negros nas empresas com as quais feche contratos. Indagado sobre o que representou a eleição de Barack Obama, nos Estados Unidos, o professor se animou: “Esperança. Para o mundo, para todas as pessoas, principalmente para as que têm compromisso de superação das mazelas humanas.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG