País ainda tem 22 cidades sem prefeito

BRASÍLIA - Passados cinco meses das eleições de outubro, 717 mil eleitores voltarão às urnas a partir deste domingo para eleger os prefeitos de 22 municípios. Em todas essas cidades, os candidatos eleitos no ano passado foram cassados pela Justiça Eleitoral após as eleições.

Agência Estado |

Entre outubro de 2008 e 15 de fevereiro, outras dez cidades já tinham passado por novas eleições para a prefeitura: oito neste ano e duas ainda em 2008. No total, foram anuladas eleições em 32 municípios do País.

As duas maiores cidades que permanecem sem prefeito são Londrina (PR) e Santarém (PA). Em Londrina, os mais de 341 mil eleitores repetirão o segundo turno no dia 29. O candidato mais votado em outubro, Antônio Casemiro Bellinati (PP), teve o registro cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) porque suas contas como prefeito foram rejeitadas.

Agora, disputarão o comando da cidade Luiz Carlos Hauly (PSDB) e Barbosa Neto (PDT), respectivamente segundo e terceiro colocados no pleito de Londrina. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia mais sobre: Eleições

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG