País acompanha 14 casos suspeitos da gripe H1N1

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Ministério da Saúde informou nesta segunda-feira que acompanha 14 casos suspeitos da gripe H1N1 em sete Estados e que outros 20 casos estão em monitoramento. O novo vírus, que tem nove casos confirmados no Brasil, já foi descartado em 308 pessoas no país após a realização de exames, acrescentou o ministério em comunicado.

Reuters |

Os casos suspeitos estão nos Estados de São Paulo (6), Rio de Janeiro (2), Minas Gerais (2), Distrito Federal (1), Rio Grande do Sul (1), Rondônia (1) e Rio Grande do Norte (1).

Dos nove casos confirmados da doença, o último deles no dia 21 de maio, os oito primeiros pacientes já receberam alta.

Os pacientes que foram infectados pelo H1N1 são do Rio de Janeiro (3), São Paulo (3), Minas Gerais (1), Rio Grande do Sul (1) e Santa Catarina (1).

"Para todos os casos, estão sendo realizados busca ativa e monitoramento de todas as pessoas que estabeleceram contato próximo com esses pacientes", afirmou o ministério.

Apesar de dois pacientes terem sido infectados pelo vírus no território brasileiro, o ministério descarta que haja sustentabilidade da transmissão dentro do país porque eles tiveram contato próximo com um paciente que contraiu a doença em viagem ao Médico.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 12.515 casos da doença que ficou conhecida como gripe suína já foram confirmados em 46 países, com 91 mortes, até segunda-feira.

O México, epicentro da doença, registrou 4.174 casos e 80 mortes. As outras mortes aconteceram nos Estados Unidos, com 9 óbitos, na Costa Rica e no Canadá, que informaram uma morte cada.

Os países com mais casos confirmados fora da América do Norte até agora são o Japão, a Grã-Bretanha e a Espanha.

(Por Pedro Fonseca; Edição de Maria Pia Palermo)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG