Paim anuncia vigília por projetos sobre aposentadoria

O senador Paulo Paim (PT-RS) anunciou que iniciará hoje uma vigília de 12 horas no plenário do Senado em defesa da aprovação dos projetos de lei, de sua autoria, que reajustam valores das aposentadorias e pensões do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e mudam fórmulas de cálculo dos benefícios. Em discurso na tribuna da Casa, Paim definiu a vigília como um ato de apoio aos nossos aposentados e com o objetivo de sensibilizar os deputados.

Agência Estado |

Três outros senadores - José Neri (PSOL-PA), Papaléo Paes (PSDB-AP) e Mario Couto (PSDB-PA) - declararam que vão apoiar o senador petista em sua vigília, permanecendo também no plenário após o final da sessão de hoje. Paim é autor de três projetos. Dois já foram aprovados pelos senadores e estão na Câmara dos Deputados. Um deles é o que extingue o fator previdenciário e retoma o cálculo da média que serve de base para as aposentadorias a partir dos últimos três anos de contribuição ao INSS.

Outro projeto do petista aprovado estende aos benefícios de valores superiores ao salário mínimo a correção acima da inflação dada ao mínimo. O terceiro projeto, aprovado semana passada na Comissão de Assuntos Sociais do Senado, propõe a recuperação do valor atual das aposentadorias e pensões pela equivalência em salários mínimos da época da concessão de cada benefício.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG