Pai morre e filha é baleada na zona leste de São Paulo

SÃO PAULO - Um homem e a sua filha de 10 anos foram baleados na noite deste domingo no Jardim Arantes, região de Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo.

Redação com Agência Estado |

Robson Berenguel da Silva chegou a ser socorrido ao Hospital de Cidade Tirandentes, mas morreu em seguida. A menina, baleada na perna, permanece internada em observação no Hospital de Sapopemba.

Segundo a Polícia Civil, pai, de 31 anos, e filha saíram de casa para comprar suco, quando foram abordados por um homem. Ele fez vários disparos na direção das vítimas e fugiu em seguida. Conforme a polícia, Silva já tinha passagem por assalto. O caso foi registrado no 54º Distrito Policial (Cidade Tiradentes).

Paraisópolis

No fim da tarde do domingo, uma mulher e uma criança também foram baleadas durante um tiroteio entre três homens e policiais militares, na favela Paraisópolis, na zona sul de São Paulo. Segundo informações da Polícia Militar, três homens, que estavam em um Fox, foram abordados durante patrulhamento dos policiais.

Os suspeitos fugiram, abandonando o carro próximo a um campo de futebol, e correram para dentro da favela, começando um tiroteio com os policiais. Ao entrarem na comunidade, os policiais encontraram uma mulher e uma criança, provavelmente mãe e filho, baleados, próximo ao local do tiroteio.

As vítimas foram levadas para o Hospital Albert Einstein e estão fora de perigo, segundo a polícia. Ninguém foi preso. Foram aprendidas duas armas, uma próximo à favela e outra dentro do veículo.

Leia mais sobre: violência

    Leia tudo sobre: mortetiroteioviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG