Pai é preso após filho de 14 anos atropelar criança

O feirante José Iranildo Bezerra, de 49 anos, foi preso em flagrante anteontem, após permitir que o filho J., de 14 anos, dirigisse um caminhão Ford F 600.

Agência Estado |

O adolescente atropelou e matou Guilherme Morais Araújo, de 4 anos, por volta das 15h30, em Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo. De acordo com a Polícia Militar (PM), a criança estava parada na calçada, com sua bicicleta, quando teve a cabeça atingida por uma das rodas do caminhão. Guilherme morreu na hora.

Bezerra alegou que não se sentia bem e foi para casa a pé. Antes, pediu para que o filho conduzisse o veículo até sua casa, pois não estava em condições de levá-lo. Eles estavam em um feira nas proximidades, onde Bezerra trabalha. A PM informou também que no local do incidente estava sendo feita distribuição de doces e pipocas, por causa da inauguração de um estabelecimento, e por isso havia muitas crianças na rua.

O adolescente assumiu o volante e atropelou a criança. Em seguida fugiu do local, parando apenas perto de sua casa. Aproximadamente cem moradores, revoltados, seguiram o caminhão. O pai apareceu na rua para saber o que estava acontecendo. Ele e o filho quase foram espancados pelos populares, mas a polícia chegou a tempo de evitar as agressões.

Pai e filho foram encaminhados para o 54° Distrito de Polícia (DP), de Cidade Tiradentes, onde foi lavrado o boletim de ocorrência. O feirante foi indiciado por homicídio doloso e por dar a direção de veículo a pessoa não habilitada. Ele está detido na carceragem do 49º DP (São Mateus) e, caso seja condenado, pode pegar de 6 a 20 anos de prisão.

Medo

O adolescente foi entregue aos cuidados da mãe, que se responsabilizou por apresentá-lo ao promotor de Justiça da Infância e Juventude, assim que for requisitado. Mãe e filho não voltaram para casa, com medo de represálias. O veículo foi apreendido. O corpo de Guilherme foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) do Hospital das Clínicas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG