Pai atira duas filhas de ponte no Espírito Santo, segundo polícia

Os bombeiros do Espírito Santo encontraram na manhã desta quarta-feira o corpo de uma das irmãs que teriam sido jogadas pelo pai de uma ponte sobre o mar em Serra, na região metropolitana de Vitória, no Espírito Santo. Segundo a polícia, o pai confessou o crime contra Luciene da Conceição Barbosa, de 4 anos, e Luciana Dortes Barbosa, 2 anos.

iG São Paulo |

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública do Espírito Santo, o pai, o pedreiro Wilson da Conceição Barbosa, foi preso na terça-feira e disse ter cometido o crime porque não aceitava a separação com a mãe das meninas, a diarista Ana Lúcia Dortes Correia.

Segundo o delegado Josafá da Silva, responsável pela investigação, o corpo da menina ainda está nas águas do rio, aguardando a perícia. Pelo tamanho do corpo, a garota encontrada é a que teria 4 anos. Os bombeiros continuam as buscas ao corpo da outra menina, que, segundo o delegado, por conta da forte correnteza, pode ter sido levada para o mar.

Em depoimento, Wilson confessou que jogou as filhas após simular que estava mostrando a paisagem para as crianças. Uma testemunha presenciou o crime e acionou a polícia. O pedreiro foi preso com várias escoriações após apanhar de populares que o acharam em uma área de mata.

*com informações da Agência Estado

Leia mais sobre: crime - Espírito Santo

    Leia tudo sobre: crimeespírito santo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG