Paes deve começar com déficit de R$ 400 milhões

A gestão do prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), na prefeitura poderá ter início com um déficit de cerca de R$ 400 milhões, informou a nova secretária municipal de Fazenda, Eduarda La Rocque. De acordo com Eduarda, a situação é muito preocupante, pois a gestão do ex-prefeito Cesar Maia (DEM) deixou um caixa de cerca de R$ 1,3 bilhão, mas só em torno de R$ 300 milhões estão disponíveis.

Agência Estado |

Isso porque há receitas vinculadas de R$ 1 bilhão, mais R$ 700 milhões de despesas que ainda deverão ser pagas.

"O buraco vem dos R$ 300 milhões disponíveis menos R$ 700 milhões de despesas já empenhadas e não-liquidadas, que chega mais ou menos a uma ordem de grandeza de R$ 400 milhões de problema potencial. A gente acredita que não vai ter esse problema", afirmou. Segundo ela, nos próximos dez dias, será feito um levantamento para saber se será possível usar os recursos vinculados para pagar as despesas de R$ 700 milhões. Tanto Eduarda quanto o chefe da Casa Civil, Pedro Paulo Carvalho, afirmaram que a crise mundial ainda não teve impacto nas finanças da administração municipal.

No entanto, admitiram que o clima de desconfiança mundial pode contribuir para reduzir a expectativa de receita de R$ 12 bilhões para os cofres do Poder Executivo municipal este ano, mas não estimaram qual pode ser a redução. Eles também disseram que não haverá aumento de impostos para cobrir o possível déficit. "A crise econômica faz com que nós tenhamos cautela para o ano de 2009. A gente não sabe ainda qual cai ser o efeito da crise", afirmou a secretária. Carvalho, por sua vez, lembrou dos 40 decretos publicados pela nova gestão como uma forma de rever todos os gastos do Executivo municipal.

"Temos falado da necessidade de se ajustar um orçamento que tem uma expectativa de receita, se não superestimada, mas receitas bastante otimistas e despesas que podem estar subavaliadas, que precisam ser ajustadas não só pela sua composição, mas pela sua não efetivação num cenário de crise", afirmou o secretário.

Leia mais sobre: Rio de Janeiro

    Leia tudo sobre: eduardo paes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG