Pacote de trânsito de São Paulo tem foco em corredor de ônibus

O pacote de obras anunciado, nesta terça-feira, pela Prefeitura de São Paulo para melhorar a fluidez do trânsito na capital paulista tem como principal foco mudanças em corredores de ônibus. As obras compreendem construção de novos pontos de parada para ônibus, alteração da localização de pontos, construção e ampliação de plataformas.

Agência Estado |

A meta é garantir ainda maior agilidade no embarque e desembarque de passageiros e possibilidade de ultrapassagens em corredores. Serão afetadas regiões de grande movimento.

Entre os locais que passarão pelas obras, estão as avenidas Rebouças, Faria Lima, o corredor Santo Amaro e o Terminal Jardim Ângela. O corredor entre as avenidas Faria Lima e Rebouças (zona oeste), por exemplo, por onde passam 39 linhas, terá ampliação da capacidade da parada e facilitará ultrapassagem, para eliminar o gargalo.

Outra obra irá liberar o acesso ao Terminal Cachoeirinha, na zona norte: acima da Avenida Deputado Emílio Carlos será construída uma passarela para facilitar o acesso de passageiros ao terminal. Já no Jardim Ângela, zona sul, o terminal terá a plataforma externa ampliada e a inclusão de uma nova plataforma de embarque e desembarque de passageiros.

O secretário municipal de Transportes, Alexandre de Moraes, determinou que fossem abertas as licitações para nove obras. Essas obras, com custo de R$ 8,1 milhões de reais, devem beneficiar cerca de três milhões de passageiros. O início dos trabalhos está previsto para novembro e a maioria das atividades será executada na madrugada para minimizar transtornos no trânsito da capital. A lista detalhada das obras pode ser conferida neste texto , publicado no site da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Leia também

  • Após restrição, ocorrência com caminhões cai 21% em São Paulo

    Leia mais sobre: trânsito

    • Leia tudo sobre: ônibus

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG