A segunda etapa do plano de Aceleração do Crescimento (PAC), que será anunciado hoje, terá seis áreas principiais, com forte apelo social, característica que não estava presente na primeira versão do PAC: Cidade Melhor; Comunidade Cidadã; Minha Casa, Minha Vida; Água e Luz para Todos; Transportes e Energia. As informações constam do documento com as principais linhas do PAC, distribuído antes das entrevistas de anúncio dos detalhes do programa.

Segundo a apresentação que será feita a partir das 11 horas, o PAC Cidade Melhor tem como objetivo enfrentar os "principais desafios das grandes aglomerações urbanas propiciando melhor qualidade de vida". No PAC Cidade Melhor serão investidos R$ 57,1 bilhões em projetos de saneamento e mobilidade urbana, entre outros projetos.

Outra área do PAC 2 é o Comunidade Cidadã, que pretende aumentar a presença do Estado em bairros populares, com o objetivo de ampliar a cobertura dos serviços públicos. Serão investidos R$ 23 bilhões em obras como a construção de 500 unidades de pronto atendimento à saúde, 8.694 unidades básicas de saúde, 6 mil creches e pré-escolas, 10.116 quadras poliesportivas em escolas, 800 praças do PAC e 2.883 postos de polícia comunitária.

Ainda na frente social, o governo pretende investir R$ 278,2 bilhões, entre 2011 e 2014 no PAC Minha Casa, Minha Vida. Serão construídas ao todo 2 milhões de unidades habitacionais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.