Venda de bebida alcoólica é proibida no plebiscito

Não será permitida o consumo das 8h às 18h no domingo dia 11; a portaria foi publicada nesta sexta-feira

Wilson Lima, iG Maranhão |

Assim como ocorre tradicionalmente em um processo eleitoral comum, a venda de bebidas alcoólicas também foi proibida no plebiscito do Pará do próximo dia 11 de dezembro. O plebiscito ouvirá os paraenses sobre a proposta de criação de dois novos Estados – Tapajós e Carajás.

Leia também: Separatistas pedem "não" a governador e o comparam a Pilatos

Celebridades: Na TV, Fafá de Belém chora e pede voto contra divisão do Pará

futuro? Divisão do Pará pode criar 3 Estados deficitários, diz Ipea

Segundo a portaria 455/2011 publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira, a venda de bebidas por bares, restaurantes, lanchonetes, boates, lojas de conveniência, trailers e quiosques fica proibida entre as 8h e às 18h de domingo, horário local. A portaria foi assinada pelo delegado-geral da Polícia Civil, Nilton Atayde. A lei também suspendeu a concessão de licenças para festas entre as 0h e 18h de domingo.

A medida, segundo a Polícia Civil do Pará, visa resguardar a tranquilidade do processo eleitoral. Os estabelecimentos que desobedecerem à norma será enquadrado em crime de desobediência, passível de seis meses de prisão. O estabelecimento que for flagrado vendendo bebida alcóolica também pode ser fechado.

Pelas informações da Polícia Civil, está sendo montado um esquema especial de policiamento para o plebiscito do Pará. Todos os policiais civis trabalharão em regime de plantão no dia 11 e haverá reforços em 40 cidades paraenses.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG