PF prende 15 em Belém acusados de explorar caça níqueis

Mais de 4.000 componentes eletrônicos foram apreendidos, em sua maioria, placas-mãe de máquinas de bingo eletrônico

AE |

selo

A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira  uma operação de combate à exploração de jogos de azar por meio de caça níqueis em Belém. Pelo menos 15 pessoas foram presas. Outras duas estão foragidas. Entre os envolvidos estão dezessete exploradores de máquinas, dois montadores, além de três policiais, sendo dois civis e um militar.

Veja notícias do Pará

Além dos mandados de prisão, foram expedidos pela 3ª Vara da Justiça Federal em Belém cinco mandados de condução coercitiva e 22 mandados de busca e apreensão na capital paraense e em Ananindeua. Mais de 4.000 componentes eletrônicos foram apreendidos, em sua maioria, placas-mãe de máquinas de bingo eletrônico.

Os envolvidos responderão na Justiça Federal pelos crimes de formação de quadrilha, contrabando, crime contra a economia popular, corrupção ativa, corrupção passiva, receptação qualificada e violação de sigilo funcional.

    Leia tudo sobre: polícia federalparáprisãocaça níqueis

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG